domingo, 6 de abril de 2014

Loja Singer Porto & as Artesãs #5



B.I.

Nome: Rosa Madalena Vieira
Local: V. N. Gaia




Há quanto tempo é artesã?
Ainda não me habituei à palavra artesã, normalmente eu assim como quem me conhece costuma dizer que tenho muito habilidade e ideias criativas e que tento concretizar tudo com muito cuidado e profissionalismo. Uma artesã aplica todo o seu empenho, determinação e carinho quando elabora uma peça e essa é precisamente a minha conduta.





Como é que surgiu a sua paixão pela costura?
O meu caminho pelas manualidades e artesanato começou numa brincadeira com a minha filha. Numa ação conjunta no infantário que ela frequentava fizemos uma vela com técnica de decoupage e eu fiquei encantada com o que se poderia fazer com aquela técnica. Fiz uns workshops, comecei a pintar madeiras e decorar com decoupage, até que me cruzei com a cartonagem e entrei no mundo dos tecidos. Foi quando comecei uma formação e a minha primeira peça foi um porta-moedas com fecho da avó. Depois de 2 aulas quis comprar a minha máquina de costura e a partir daí os projetos foram aumentando de dificuldade.

É artesã a tempo inteiro ou por hobby?
Atualmente só por hobby mas confesso que quem ama o que faz é muito feliz pois tenho de gerir um trabalho de 8 horas, casa, família e ainda assim sinto necessidade de todos os dias fazer o meu serão de “costurices”.




















Qual foi o projeto que mais gostou de fazer?
No mundo do artesanato posso dizer que adoro a costura criativa e patchwork, embora veja por vezes trabalhos de madeira e decoupage a serem reconhecidos por anónimos, família e até publicações. A costura conquistou-me e posso dizer que o projeto que apresento como meu cartão de visita é um estojo (porta lápis) que fiz para a minha filha em forma de piano. A criação é minha e inclusive registei-a no IGAC. Mas claro está que nesta área da costura vai-se querendo sempre mais, e aí refiro-me ao patchwork onde já fiz várias projetos, o ultimo foi uma manta para sofá.



Muito Obrigada, Rosa Vieira!

 

0 comentários:

Enviar um comentário